Top
25 de Outubro de 2018 . 15h28
SELITA 80 ANOS
SELITA 80 ANOS
Na comemoração, foi lançada a Pedra Fundamental e a Cooperativa recebeu licença para início das obras

No dia 20 de outubro foi uma data histórica para a Cooperativa de Laticínios Selita. Num clima de muita emoção, foi comemorado os 80 anos da Cooperativa e lançada a Pedra Fundamental da nova indústria, com a presença do governador Paulo Hartung, de autoridades, cooperados e convidados. Na ocasião, a Selita recebeu as licenças para iniciar as obras da nova planta industrial.

Um culto ecumênico marcou o início da comemoração, que foi abrilhantado pela Banda da Polícia Militar e pelo ballet das meninas do Projeto Frei João. Um dos pontos mais emocionantes do evento foi as homenagens àqueles que contribuíram para escrever a história da Selita.

Dr. Djalma Eloy Hess (In memoriam) em nome dos 25 fundadores; Dr. Arlindo Machado, em nome de todos os diretores); colaborador César Fardim (50 anos de Selita) e Dalva Magnago, ex-colaboradora. Vale ressaltar o trabalho realizado pelos colaboradores que contribuíram e muito para o sucesso do evento.

Segundo João Marcos Machado: “A Selita é uma empresa que tem uma história muito bonita e hoje nós recebemos a licença ambiental que faltava para dar início às obras. Conseguimos aliar uma coisa com a outra uma conquista com essa festa. Uma cooperativa por si só é uma sociedade de pessoas e nesse contexto o mais importante são as pessoas, são nossos cooperados, nossos colaboradores, nossos clientes, nossos parceiros e a Selita ao longo do tempo tem demonstrado isso”.

Rubens Moreira, ex-presidente e atual conselheiro, disse: “Hoje é um dia de muita alegria para nós que somos associados da Selita. A nova indústria não vai trazer só ganhos econômicos, é a transposição do que nós vamos construir para os próximos 80 anos.  Vai ser uma indústria com um conceito de modernidade e sustentabilidade, significa que estamos antenados”.

O governador Paulo Hartung comentou: “Comemoramos 80 anos com a pedra fundamental e entregamos as licenças para que as obras possam se iniciarem imediatamente, uma nova Selita vai nascer aqui, com novos produtos e ampliando sua participação no mercado. Parabéns Selita”.

Aladin Cerqueira, da Secretaria de Meio Ambiente, diz: “O projeto é um projeto de muita qualidade e altamente sustentável, tem todos os controles ambientais de grande nível. A licença de instalação está emitida em tempo recorde devido à qualidade do projeto. ”

A área onde será construída a nova planta industrial tem 2.000.000 m² e vai poder captar até 1 milhão de litros de leite por dia, num investimento de 70 milhões de reais e deve começar a operar em 2020.
Atendimento ao consumidor
Estamos a disposição para lhe ajudar.
Enviar Mensagem
0800 028 1528